segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Resultados da Semana Azul e Branca


Futebol:
Equipa principal
Na terça, 14 de janeiro, o FC Porto recebeu o Varzim, em jogo a contar para os quartos de final da Taça de Portugal. No final do final do encontro verificou-se a vitória dos Dragões por 2-1, com os golos portistas a serem apontados por Soares e Marcano.
Na sexta, 17 de janeiro, os Dragões receberam o Sporting de Braga, em jogo a contar para a 17ª jornada da I Liga. No final do encontro verificou-se a derrota dos Dragões por 1-2, sendo o golo portista apontado por Soares.

Equipa B
No sábado, 18 de janeiro, o FC Porto B recebeu o Benfica B, em jogo a contar para a 17ª jornada da II Liga. No final do encontro verificou-se a vitória dos Dragões por 2-1, com os golos portistas a serem apontados por Fábio Vieira e Afonso Sousa.

Juniores A
No sábado, 18 de janeiro, os sub19 receberam o Desportivo das Aves, em jogo a contar para a 20ª jornada da 1ª fase do campeonato nacional de juniores A. No final do encontro verificou-se a vitória dos Dragões por 7-1, com os golos portistas a serem apontados por Francisco Conceição (2), Gonçalo Borges (2) e Duarte Moreira (3).

Juniores B
Na quarta, 15 de janeiro, os sub17 receberam o Vitória de Guimarães, em jogo a contar para a 2ª jornada da 2ª fase do campeonato nacional de juniores B. No final do encontro verificou-se a vitória dos Dragões por 2-0, com golos de Umaro Candé e João Magalhães.
No domingo, 19 de janeiro, o FC Porto recebeu o Padroense, em jogo a contar para a 8ª jornada da 2ª fase do campeonato nacional de juniores B. No final do encontro verificou-se a vitória dos Dragões por 4-1, com os golos portistas a serem apontados por Francisco Ribeiro, Marco Cruz, Tiago Carvalho e Ricardo Rei.

Juniores C
No domingo, 19 de janeiro, os sub15 receberam o Gil Vicente, em jogo a contar para a 7ª jornada da 2ª fase do campeonato nacional de juniores C. No final do encontro verificou-se a vitória dos Dragões por 3-0, com golos de Serif Nhaga, Tiago Andrade e Martim Rodrigues.

Hóquei:
No sábado, 18 de janeiro, o FC Porto recebeu o CE Noia, em jogo a contar para a 4ª jornada da fase de grupos da liga europeia. No final do encontro verificou-se a vitória dos Dragões por 4-2.

Basquetebol:
No sábado, 18 de janeiro, o FC Porto defrontou o Benfica, em jogo a contar para a meia final da Taça Hugo dos Santos. No final do encontro verificou-se a derrota dos Dragões por 119-111.

Voleibol:
No domingo, 19 de janeiro, a AJM/FC Porto deslocou-se ao terreno do Sporting, em jogo a contar para a 16ª jornada da 1ª fase do campeonato nacional da 1ª divisão feminina de voleibol. No final do encontro verificou-se a derrota dos Dragões por 3-1.



sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Crónica e Análise: FC Porto 1 – Sporting de Braga 2


1 – Crónica

No início de noite desta sexta o FC Porto recebeu o Sporting de Braga, em jogo a contar para a 17ª jornada da I Liga. No final do encontro verificou-se a derrota dos Dragões por 1-2.
Para este jogo Sérgio Conceição apostou num onze composto por: Marchesin; Manafá, Mbemba, Marcano e Alex Telles; Danilo, Uribe e Otávio; Corona, Soares e Marega.
O FC Porto até entrou bem em jogo, procurando importunar a defensiva bracarense, no entanto, foram os minhotos quem se adiantaram no marcador, ao minuto 5. Na resposta, ao minuto 11, Manafá viu um defesa contrário desviar o seu remate da baliza. No lance seguinte, na sequência do canto, foi o guarda-redes bracarense quem negou o golo a Marcano. Ao minuto 41, Alex Telles teve nos pés a possibilidade de devolver o empate ao marcador, no entanto, viu o guarda-redes adversário defender a grande penalidade.
O FC Porto entrou bem no segundo tempo e ao minuto 56 o árbitro voltou a assinalar uma grande penalidade, desta feita foi Soares a ter a oportunidade de converter o castigo máximo, contudo, também não foi feliz, uma vez que a bola acertou no poste da baliza. Mas ao minuto 58 a sorte foi outra e Soares repôs a igualdade no marcador. Os Dragões foram à procura do segundo golo , contudo, ao minuto 75, foi o Braga quem voltou a marcar. Até ao final a equipa portista não conseguiu ser fria e racional e, por isso, não conseguiu voltar a marcar.
Com esta derrota o FC Porto soma 41 pontos e está a 7 pontos da liderança do campeonato.

2 – Análise

Não se esperava um jogo fácil, porque os jogos frente ao Sporting de Braga não costumam ser fáceis. E, de facto, não houve facilidades. Foi um jogo interessante, com intensidade e muito disputado, com o FC Porto a ter mais bola e mais oportunidades para marcar, mas o Braga conseguiu levar a melhor ao marcar nas duas vezes em que atirou à baliza portista. O FC Porto começou a perder cedo, teve de correr atrás do resultado, numa fase em que demorou a conseguir desmontar a estratégia defensiva do adversário. Depois de encontrar a fórmula, os Dragões deram trabalho a defesa bracarense e ao seu guarda-redes que foi protagonista ao defender uma grande penalidade. No segundo tempo o FC Porto voltou a dar trabalho à defesa bracarense, mas também voltou a falhar outra grande penalidade. Ainda assim Os azuis e brancos não baixaram os braços e o golo acabou por surgir pouco depois. Os Dragões foram com tudo à procura do segundo golo, mas acabaram por sofrer. Depois foi mais coração do que razão e quando assim é, nem sempre se tomam as melhores decisões. No futebol às vezes é preciso construir a sorte, da mesma forma que a sorte, ou a falta dela, por vezes determina resultados, na minha perspetiva foi o que se passou hoje. O FC Porto foi melhor, não merecia perder este jogo, mas a falta de sorte fez diferença no resultado. Não vai ser fácil digerir esta derrota… não vai ser fácil para nós adeptos, mas também acredito que não o seja para os jogadores. Agora é fácil dizer-se que outras opções deveriam ter sido tomadas pelo treinador, que a equipa deveria ter tido mais atenção nos cantos, que o ataque deveria ter sido mais eficaz, que Alex Telles ou Soares deveriam ter feito mais na conversão das grandes penalidades… a verdade é que não há nada a fazer agora, este resultado está feito… Resta levantar a cabeça, analisar o que não correu bem para procurar corrigir futuramente e repetir o que correu bem. Ainda há muito para jogar e perder a esperança não faz parte do nosso ADN, por muito que a missão pareça difícil. Por isso, Vamos Porto! Juntos, sempre! Porque só lutando juntos conseguimos vencer! Segue-se a Taça da Liga.




quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Antevisão da 17ª Jornada da I Liga


1 – Aqui está a antevisão de Sérgio Conceição da 17ª jornada da I Liga, frente ao Sporting de Braga.

“"ESPERO UM BOM JOGO, COM UM DRAGÃO CHEIO PARA NOS APOIAR"
Sérgio Conceição fez a antevisão do encontro desta sexta-feira (19h00) frente ao SC Braga, da 17ª jornada do campeonato
Garantida a presença nas meias-finais da Taça de Portugal, o FC Porto recebe o SC Braga no Estádio do Dragão (sexta-feira, 19h00), em jogo a contar para a 17ª jornada do campeonato. Sérgio Conceição pede um estádio cheio para apoiar a equipa que terá de ser equilibrada para vencer. O técnico dos azuis e brancos não acredita num adversário bipolar face aos resultados nacionais e europeus.
Expectativas para o jogo
"Espero um bom jogo de futebol, com um Dragão cheio de adeptos para nos apoiar. São mais 3 pontos no nosso trajeto, como em tantos outros jogos que vamos ter. É o próximo jogo, é o mais importante."
Resultados inconsistentes do SC Braga
"Não olhamos para o resultado, golos marcados ou sofridos, olhamos para aquilo que está na origem desses golos marcados e sofridos. Não acredito num SC Braga bipolar, com duas faces. Os adversários é que foram diferentes e causaram problemas diferentes. Não houve um SC Braga fantástico contra o Belenenses e um mau contra o Tondela."
Dinâmicas do adversário
"Não há muito tempo de trabalho do Rúben Amorim, mas percebe-se bem qual é a ideia de jogo quando ataca e quando defende. Olhamos para o que é a ação dos 3 centrais, do duplo pivot, a largura e profundidade dos laterais e o trabalho dos avançados. São dinâmicas interessantes e que criam dificuldades aos adversários. Cabe-nos a nós encontrar o antídoto para anular esses pontos fortes e ganhar."
Otávio mais influente
"É trabalho do atleta que sabe que em alta competição não se pode facilitar. É preciso treinar de forma consistente, ainda por cima numa altura em que fazemos muitos jogos. O nível de intensidade é cada vez maior e muitas vezes o tempo de recuperação não chega às 72 horas. Esse trabalho aliado à qualidade do jogador torna-o muito mais regular."
Confiança da equipa
"A confiança é adquirida diariamente, pode haver jogos em que não estejamos num dia bom ou cometamos erros, mas tentamos evitar ao máximo esses erros. Até agora as coisas têm corrido bem, mas não esteve tudo bem ate aqui. Só sofremos agora o primeiro golo em casa, mas nalguns momentos houve erros em que o adversário poderia ter marcado. Amanhã vai ser muito importante estarmos equilibrados porque sabemos do poderio ofensivo do SC Braga."
Calendário dos jogos
"Não vale a pena estar a falar, foi marcado. Jogamos já quarta-feira para a Taça da Liga. Ficava mais satisfeito se este jogo fosse marcado para outro dia, até porque acho que não influenciava o jogo do SC Braga e do Sporting. Mas foi marcado, temos de jogar."
Dérbi em Alvalade
"Vamos olhar para o nosso jogo, interessa-nos o que vai acontecer no Dragão. Não vale de nada olhar para o outro jogo se não ganharmos o nosso."
Boa forma de Tiquinho Soares
"Não estava a jogar, continuou a trabalhar no máximo e quando teve oportunidade aproveitou-a bem. Há ciclos melhores e piores para todos. O mérito é da paciência e do trabalho no duro do Tiquinho."”

Em

2 – O meu palpite para a equipa titular é
Marchesin; Corona, Diogo Leite, Marcano e Alex Telles; Danilo, Uribe e Otávio; Luis Diaz, Soares e Marega.

3 – sobre o jogo
Não se espera um jogo fácil, porque nenhum jogo contra o Sporting de Braga costuma ser fácil. Mas espera-se que os comandados de Sérgio Conceição transformem ad dificuldades em facilidades. Para tal espera-se um FC Porto competente; concentrado; coeso; confiante; empenhado; rigoroso; motivado; ambicioso; determinado; sólido; solidário; unido; e eficaz tanto a defender como a atacar.
Força FC Porto!