sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Crónica e Análise: FC Porto 2 – Benfica 2

1 – Crónica

E Continuam Empatados

No início de noite desta Sexta-Feira, FC Porto e Benfica defrontaram-se no Estádio do Dragão, em partida a contar para a sexta jornada da liga. No final do encontro verificou-se um empate a 2.

O primeiro clássico da época tinha uma componente extra, é que além da rivalidade entre ambos os emblemas, estava em jogo a liderança da liga portuguesa, logo, quem somasse os três pontos ficava isolado. Ora, Vítor Pereira montou a equipa tendo em conta esse objectivo, Hulk voltou à titularidade – depois da ausência por lesão no fim-de-semana passado. E foi exactamente o brasileiro quem deu o primeiro sinal de perigo: Artur defendeu para canto uma bola que muito provavelmente entrava, isto passou-se ao minuto 11. Durante o primeiro tempo o FC Porto foi somando posse de bola e foi criando perigo junto da área benfiquista. Ao minuto 28 o lateral direito portista, Fucile, esteve perto de festejar, mas o uruguaio viu o guarda-redes parar o remate. Até que chegou o minuto 37, Guarin cobrou um livre que castigou uma falta que Álvaro Pereira havia sofrido, e Kleber, de cabeça inaugurou o marcador, festa portista nas bancadas. O Benfica reagiu, mas Helton estava atento e não permitiu o empate no primeiro tempo. Seguiu-se o intervalo. No início do segundo tempo o Benfica empatou a partida, balde de água fria nas bancadas. Mas três minutos depois os dragões reagiram e recuperaram a liderança no marcador, o defesa Otamendi foi o autor do golo, na sequência de um canto. Novamente festa portista nas bancadas. Seguiram-se as alterações dos treinadores, Vítor Pereira tentou fazer com que a equipa mantivesse a baliza adversária no horizonte, mas a substituição não funcionou exactamente assim. Já próximo do final o Benfica chegou ao empate, resultado que não viria a sofrer qualquer alteração.

Assim ambas as equipas continuam em igualdade pontual com 14 pontos e dividem a liderança do campeonato.

2 – Análise

Ponto prévio, o FC Porto entra em todos os jogos para ganhar, e os clássicos não são excepção, por isso o empate soube a pouco. Não estava de todo à espera que se repetisse o 5 – 0 da época passada, porque não há jogos iguais, mas esperava que o FC Porto ganhasse. Gostei do FC Porto, principalmente na primeira parte, e gostei da capacidade de reacção ao golo do empate, só lamento aqueles minutos menos positivos no segundo tempo que o Benfica aproveitou. Percebo o que queria fazer Vítor Pereira ao retirar Guarin e no seu lugar colocar Belluschi, mas penso que não deveria ter sido o argentino a entrar e sim o belga Defour. Volto a repetir, gostei do jogo, o problema foram os minutos menos bons do FC Porto, facilitaram demasiado e creio que é aí que tem de haver correcções, não podem dar margem para o adversário fazer o seu jogo. Ainda estamos numa fase inicial da época e a equipa ainda tem muito a melhorar, eu acredito que mais uns jogos e a equipa cometerá cada vez menos erros. A verdade é que neste jogo o FC Porto voltou a perder dois pontos. Quanto à arbitragem, devo dizer que não percebi o amarelo a Fucile e o do Álvaro Pereira também me pareceu um tanto ou quanto estranho, tal como o amarelo a Otamendi e a Fernando. Vale a pena perceber que só Rolando não viu amarelo na defesa. De positivo à a salientar o bom ambiente nas bancadas e o facto do jogo ter sido antecedido por um ambiente pacífico, o que é sempre positivo, porque é assim que o futebol deve ser, deve haver rivalidades, mas sem violência.

4 comentários:

dragao vila pouca disse...

Entregamos o ouro ao bandido

Uma primeira-parte excelente, fomos superiores em todos os capítulos e mereciamos pelo menos, uma vantagem de dois golos.

Depois, na etapa complementar, nem pareciamos a mesma equipa. Lentos, complicativos, sem frescura física e a dar abébias, fomos penalizados e o resultado, principalmente pelo que vimos até ao intervalo, deixa um sabor bem amargo.

Vítor Pereira, tem agir e não de reagir. São os pró-activos e não os reactivos, que têm feito história no F.C.Porto.

Beijinhos

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

O resultado de ontem sabe a derrota.

Depois de uma primeira parte bem conseguida, mas sem eficácia atacante, na segunda parte voltamos ao nível exibicional de Aveiro.

Está bem que o Benfica teve sorte em obter o golo na entrada do segundo tempo, mas também é verdade que foi muito por inépcia nossa.

Vítor Pereira deu a entender que só temos pernas para meio tempo ... bem isto é preocupante.
Não temos capacidade para gerir o jogo depois de estarmos em vantagem, falta-nos qualquer coisa, e não é só o alegado fantasma Falcao.

Kléber é a segunda partida consecutiva que sai ao intervalo, por problemas físicos. Walter não tem ritmo competitivo, Iturbe não é convocado, e ontem Hulk não devia estar a 100% fisicamente, pois Hulk de cansaço não padece ... tem pulmão para 90 minutos ou mais.

Assim na segunda parte o Porto eclipsou-se. Varela e Hulk deixaram de desequilibrar, e a partir do momento que VP retira Guarin, e o Benfica coloca Bruno César, perdemos o controlo do miolo, e o golo do empate encarnado advinhava-se...e aconteceu.

Destaques individuais para Otamendi e Guarin os melhores em campo. Fernando e Moutinho também cumpriram e trabalharam imenso.

Espero que a equipa técnica consiga recuperar fisicamente a equipa, e que estabilize na escolha do motor de qualquer conjunto, que é o seu meio-campo. Defour de titular e opção regular, passa a não utilizado.

Os adeptos que se deslocaram ao Dragão e que apoiaram a equipa não mereciam este resultado. A equipa tem de puxar pelo público também.

Abraço e bom fim de semana

Paulo

pronunciadodragao.blogspot.com

Gaspar Ribeiro Lança disse...

Não se pode considerar um mau resultado empatar com o maior rival, mas no Dragão pedia-se uma vitória, ainda para mais depois de toda a primeira parte realizada.

Não dá para explicar o que aconteceu, mas a verdade é que na segunda parte a nossa equipa adormeceu e isso permitiu aos visitantes chegar ao 2-2 final, que podia muito bem ter sido evitado.

São já dois empates seguidos a contar para o campeonato e não podemos voltar a escorregar se queremos manter a liderança.

Um abraço

David J. Pereira disse...

Boas!

Devo dizer que gosto imenso deste blogue!

Podem adicionar os meus aos vossos links? Eu prometo que retribuo :p

http://davidjosepereira.blogspot.com/

Saudosos cumprimentos!