segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

O Que Me Preocupa…



Preocupa-me que o FC Porto perca pontos em jogos que não os podia perder;
Preocupa-me que a defesa continue a demonstrar fragilidades;
Preocupa-me que os jogadores pareçam  mais ansiosos quando jogam no Estádio do Dragão;
Preocupa-me a falta de garra, de querer e de espírito de luta da equipa principal;
Preocupa-me que alguns jogadores tenham atitudes incompreensíveis para o comum dos adeptos – que se passou, Maicon?;
Preocupa-me o aburguesamento que reina no FC Porto, desde a direção, passando pelos jogadores, alguns jogadores, até aos adeptos, alguns adeptos;
Preocupa-me que os adeptos, os assobiadores, façam questão de demonstrar o seu desagrado durante o jogo em vez de o fazerem apenas no final;
Preocupa-me que os senhores do apito – no caso concreto o SR Rui Costa – tenha anulado um golo legal e que permitam o constante anti-jogo dos adversários;
Preocupa-me que um membro de uma equipa técnica, na véspera de um jogo, se dirija às instalações do hotel onde se encontra a equipa adversária – talvez tenha ido lá certificar-se que estavam bem instalados;
Preocupa-me que tenha sido arquivado o caso das ofertas do Benfica aos senhores árbitros;
Preocupa-me, hoje e sempre, o silêncio, o silêncio e a passividade do meu clube perante tais situações. Bem sei que hoje o FC Porto reagiu à arbitragem de ontem, mas e das outras vezes? E será suficiente? Hoje e sempre as mesmas questões…





1 comentário:

dragaoatentoiii disse...

Olá!
Subscrevo as preocupações...

E aproveito para manifestar as minhas impressões:
Se Maicon estava com problemas físicos a obrigação dele era informar o líder da equipa técnica/treinador. Porque depois do mal feito desculpar-se com lesão cheira a desculpa de mau pagador.
Bem vistas as coisas o Maicon até pode justificar-se argumentando que no lance em que ele falhou, também lhe faltou ajuda dos colegas porque foram dois os adversários ao encontro dele, a disputar a bola com ele.
Quanto à possibilidade de recuperar o Maicon, sim, não será de desprezar essa possibilidade, mas a braçadeira de capitão é que nunca mais... pois pela atitude que revelou, é capaz de ser um caso de falta de fibra...etc...
Quanto ao resto, desconfio que temos de ser nós os administradores de blogue portistas a desencadear um Movimento Pro-Nova Estratégia de Defesa do FC Porto na imprensa desportiva. E para isso convidava-mos o Bernardino Barros, um ilustre comentador portista para encabeçar a lista...

Ps - Se calhar o Bernardino Barros porque tem grande bagagem e está super documentado sobre os meandros do futebol é que devia ser o porta-voz do clube

Abraço,
Armando Monteiro
www.dragaoatentoiii.wordpress.com